quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Estácio encerra ano com nota 10


Estácio de Sá - Timbres do Sucesso - Coordenadora do curso de jornalismo
 Regina Zandomênico - Foto: Ismênia Nunes

A Faculdade Estácio de Sá de Santa Catarina realizou o último trabalho de conclusão de curso - TCC do ano. O evento aconteceu às 20h no dia 13 de dezembro de 2011.

 As acadêmicas Bruna Coelho e Kauana Pereira apresentaram o trabalho que foi puro sucesso o que já começou pelo nome: Timbres do Sucesso.

No trabalho as acadêmicas apresentaram vários cantores e cantoras, mostrando suas trajetórias e como não poderia deixar de ser seu sucesso. O trabalho mostrou artistas catarinenses e outros tantos conhecidos nacionalmente. Entre eles, Alcione, Ed Motta, Roberto Carlos, Amado Batista e Ivete Sangalo. Nos contaram dos detalhes e das dificuldades que tiveram para realização do trabalho. Em particular enfatizaram de como fizeram para entrevistar Chitãozinho e Chororó.

A mesa foi composta pelos jornalistas Guido Schvartzman, editor e apresentador do jornal da TVBV, Regina Zandomênico, coordenadora do curso de jornalismo da Faculdade Estácio de Sá que também acumula a função de professora e que podemos afirmar, desempenha ambos cargos muito bem, além da jornalista Ligia Gastaldi da RBSTV.

Registramos a presença de Márcio Goebel, responsável por todo trabalho de edição e sonoplatia. Aliás o que seria dos alunos sem o trabalho deste tão dedicado funcionário...

Ao final como era de se esperar as formandas ganharam nota máxima.


Estácio de Sá SC em 13-12-11 - Bruna e Kauana
Timbres do Sucesso - Foto: Ismênia Nunes
Timbres do Sucesso - Foto: Ismênia Nunes


Estácio de Sá SC em 13-12-11 - Bruna e Kauana
Timbres do Sucesso - Foto: Ismênia Nunes



Foto: Ismênia Nunes

 Foto: Ismênia Nunes


Foto: Ismênia Nunes

Foto: Ismênia Nunes

 Foto: Ismênia Nunes
                                      Jornalista Guido da TVBV e a acadêmica Ismênia Nunes

Rádio Guarujá e Hemosc realizam campanha juntos


A Rádio Guarujá transmite sua programação nesta quinta feira dia 15 de dezembro no vão central do Mercado Público para a realização da campanha de doação de medula óssea. O Hemosc está realizando o cadastro de doadores de medula óssea. Para se cadastrar é necessário preencher um cadastro, levando um documento de identidade com foto e ter de 18 a 55 anos. Lembrando de sempre atualizar o cadastro. Afinal é muito difícil achar um doador compatível, e se quando o identificar um doador não for encontrado devido seu cadastro estar desatualizado será uma grande decepção para todos envolvidos e principalmente ao receptor que necessita da doação para sobreviver.
Lembrando que enquanto o paciente não consegue um doador ele necessita de muito sangue. E além do paciente que aguarda uma medula, ele ainda divide o sangue armazenado com aqueles que sofrem acidentes graves ou mesmo cirurgias em que o sangue se faz necessário. Mesmo sendo um doador de sangue é imprescindível que você continue a doar sangue. Se ainda não doou, doe, não dói nada e leva apenas cinco minutos.
Identificado a compatibilidade é feito uma coleta de 5 ml de sangue para analisar os dados genéticos, estes dados ficam armazenados no REDOME - Registro Brasileiro de Doadores Voluntários de Medula Óssea. Se o doador for compatível pelos dados genéticos, serão feitos vários exames, entre eles o HLA que verifica a compatibilidade com mais especificidade. Também é verificado a saúde física atual do doador. Lembrando que é muito difícil se encontrar um doador compatível. Ser doador é um compromisso para toda vida, um compromisso que pode salvar uma vida.
A Medula óssea fica no sangue e não tem nada a ver com a medula que fica na coluna. Existe duas formas de retirada da medula: por pulsão no osso da bacia num centro cirúrgico com anestesia local, é um procedimento simples sem complicações. A medula se regenera em uma semana. Existe a necessidade de transplante de medula óssea os paciente com plasia, leucemia e outras doenças genéticas.

A outra forma é por eférece, um procedimento em que se retira diretamente do sangue, uma máquina separa os hemocomponentes. A parte do sangue em que fica a medula e o restante do sangue volta para o doador.

PRIMEIRO VOCÊ DOA ESPERANÇA, DEPOIS VOCÊ VAI DOAR VIDA

Patrocínio: Colégio Catarinense
Apoio: Prefeitura de Florianópolis e Celesc
Realização: Rádio Guarujá e Antena 1, Hemosc : FAHECE, Governo de Santa Catarina


Rádio Guarujá ao vivo no vão do Mercado Público em 15-12-11 - Foto: Ismênia Nunes


 Foto: Ismênia Nunes


Foto: Ismênia Nunes


Polimix - Acidente com motorista envolvendo caminhão da empresa

                    O motorista do caminhão da Polimix, Marcio de Jesus sofreu um acidente nesta manhã de quinta feira, quinze de dezembro. O funcionário da polimix estacionou o caminhão em frente a contrução do Residencial Rossi e saia do caminhão quando o veículo anda sozinho para trás. O motorista foi prensado entre o caminhão e os tijolos da construção. 
                   O pessoal da construção logo se movimentou para atender o caso. Felizmente o caminhão foi parado por um monte de areia da própria construção, pois que se isto não ocorrece deceria moro abaixo, visto a construção ser na subida de um moro. O samu foi chamado e enquanto se dirigia ao local, e depois de o motorista ter sido retirado do local do acidente aguardou a ambulância deitado no chão.
                   Segundo a costureira Norma, ele aguardou por cerca de 30 minutos aproximadamente.
                  Após a chegada da ambulância Marcio foi imobilizado e levado ao hospital. Até ali não sabiamos a gravidade ou não do motorista. A empresa polimix informou que Marcio sofreu apenas ematonas, não quebrou nada. O acidente que a primeira vista poderia ser grave foi um grande susto.





São José - 15-12-11 - Foto: Ismênia Nunes

São José - 15-12-11 - Foto: Ismênia Nunes


São José - 15-12-11 - Foto: Ismênia Nunes


São José - 15-12-11 - Foto: Ismênia Nunes


São José - 15-12-11 - Foto: Ismênia Nunes


São José - 15-12-11 - Foto: Ismênia Nunes


quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Mosquito deixa áudio dizendo ter sido ameaçado de morte

Em outubro de 2011 o curso de jornalismo da Faculdade Estácio de Sá realizou o programa Estação Estácio e como repórter tive a oportunidade de entrevistar Amilton Alexandre conhecido como "Blogueiro Mosquito". A entrevista tinha como objetivo discurtir o tema "jornalismo investigativo" e "denuncismo", e a influência dos blogs como discussões políticas da cidade. Na ocasião foram feitas entrevistas em áudio  também com o jornalista Francis Silvy para que ambas pudessem entrar como matérias com sonoras no programa Estação Estácio.  O programa teve a duração de uma hora e pudemos contar com a presença dos jornalistas Paulo Scarduelli, Sergio Rubim, o Canga além do jornalista João Cavalassi. Contamos também com a presença dos alunos do curso de jornalismo da Faculdade Estácio de Sá. A apresentação do programa foi de Jenômimo Gomes, minha parte era realizar as entrevistas e organizá-las de forma que pudessem ser veículadas no programa. Tivemos a orientação do professor Ricardo Medeiros. Produção Moniky Bittencout, entrevista e edição, Ismênia Nunes.

Após saber da morte do blogueiro mosquito, achei por bem difundir nas mídias a entrevista na integra. Na manhã de 14 de dezembro procurei rádios e televisões. Entreguei uma cópia para a rádio guararema, e me informaram que teriam que ter autorização do diretor, César Souza e que este chegaria mais tarde, não recebi nenhuma confirmação ainda, continuei a minha trajetória. Entrei em contato com a Record e fui atendida por Edy Wilson Serpa, gerente de jornalismo e o repórter Flávio Júnior, parte da entrevista foi veiculada no jornal do meio dia da Ric Record, canal 4, e terá nova transmissão no Record Notícias, às 19h55.

Posteriormente me dirigi até a rádio guarujá no centro da cidade. O jornalista Fabio Nocetti mostrou grande interesse na matéria e como tinha um programa com o assunto, marcamos uma entrevista. A entrevista e o áudio deixado por mosquito irá ao ar na rádio guarujá na integra no sábado no programa "Revista Guarujá" a partir das 9h. O programa vai das 9h ao meio dia. A entrevista será de vinte um minutos.


Ismênia Nunes na Ric Record
Repórter Flávio Júnior e Gerente de Jornalismo Edy Wilson Serpa

Na Rádio Guarujá com Fábio Nocetti

Blogueiro Amilton Alexandre, o "MOSQUITO" é encontrado morto em casa








Encontrado morto o blogueiro Amilton Alexandre conhecido como Mosquito. O corpo do blogueiro foi encontrado em casa, na Pedra Branca em Palhoça com uma corda no pescoço.
Mosquito mantinha o blog "Tijoladas" onde fazia diversas denúncias. Ele não tinha medo da verdade e batia de frente com políticos e manda-chuvas da cidade de Florianópolis. Foi ele o responsável pela denúncia de casos graves como o do estupro de uma menor, que acabou sendo engavetado. Do caso dos aposentados da assembleia, entre outros que foram investigados pelo ministério público. 

Motivos não faltavam para que fosse odiado por grande parte de políticos e pessoas importantes da cidade. Mosquito tecia duras e pesadas críticas quando em suas denúncias. Em sua última entrevista em 29-10-11, confessa ter sido ameaçado de morte diversas vezes, e complementa que mesmo que isso viesse a acontecer outros viriam a ocupar seu lugar.

Está entrevista será veiculada na rádio guarujá no sábado dia 17/12 a partir das 9h. Tive contato com o Tenente Coronel   Araújo Gomes do 4o Batalhão que diz ter conversado com uma pessoa que estava teclando com mosquito no face quando parou de digitar de repente. Está informação também foi confirmada pelo jornalista Hélio Costa. O que é mais estranho é que foi noticiado que no dia 06 de dezembro mosquito teria encerrado suas atividades com o blog. Não é muita conhecidência de em tão poucos dias tenha aparecido morto? Aliás em nenhum momento mosquito mostrou propensão para deixar de fazer suas denúncias ou de desativar o blog tijoladas. Muito pelo contrário, ele mostrava-se muito firme. Como de repente encerra as atividades e em menos de 10 dias morre?

O secretário de segurança César Grubba já determinou a presença de uma equipe de inteligência da polícia civil para acompanhar o levantamento do Instituto Geral de Perícia sobre as causas da morte do blogueiro Amilton Alexandre. Mosquito, do blog Tijoladas, ex-lider estudantil formado em administração tinha 52 anos e mantinha o blog há três anos. O Secretário agiu de forma idêntica em relação ao caso do vereador Marcelo Chiarello, do PT, de Chapecó que também foi encontrado morto da mesma forma e não demorou para que a polícia constatasse que a morte foi não um suicídio, mas um assassinato. O secretário diz  que quer total transparência sobre o ocorrido.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Segurança: Parceria avalia construção de hangar para pouso de Helicópteros

Fonte: Jornal Metropolitano
Editor Chefe: Marcelo Lubi



Nesta terça feira (13), O Serviço Aeropolicial da Civil (SAER), estará reunido na Secretaria de Segurança, Defesa Social e Trânsito de São José - SC, para verificar a viabilidade no local receber a construção de um abrigo fechado para aeronaves e uma pista de pouso, Avenida Beira Mar.



Divulgação

Helicóptero do Serviço AéreoPolicial (SAER)


O Delegado Piloto coordenador do Serviço AéreoPolicial, Djalma Alcântara da Silva, entregou o ofício ao secretário de Segurança, Defesa Social e Trânsito, Sanderson de Jesus, onde propõe uma parceria entre a Prefeitura Municipal e o SAER. A prefeitura disponibilizaria a área, e a construção do hangar seria realizada com recursos da Polícia Civil.


O Serviço Aeropolicial da Polícia Civil de SC foi criado em 2003 e opera 24 horas. Até a metade deste ano, o SAER já realizou 3.627 missões, somando 2.991 horas de vôo.Cada tripulação é formada por um comandante (piloto), co-piloto e dois tripulantes. Os trabalhos realizados pelo SAER vão desde o combate a criminalidade, atendimento a vitimas de desastres, acidentes, afogamentos, e até mesmo o auxilio no transporte de órgãos para transplantes.

domingo, 11 de dezembro de 2011

Maratona do Brinquedo



Maratona do Brinquedo - Ticen Florianópolis em 10-12-11 - Evento RicRecord - Foto: Ismênia Nunes


Maratona do Brinquedo - Ticen Florianópolis em 10-12-11 - Evento RicRecord - Foto: Ismênia Nunes


A Maratona do Brinquedo aconteceu neste sábado dia 10 de dezembro em Florianópólis no Ticen - terminal de Florianópolis, no centro da cidade. O evento foi uma realização da RICTV Record que recebeu doações de brinquedos que serão entregues a crianças carentes da região. O dia foi cheio de diversões e apresentações de diversos grupos musicais para todas as idades. O objetivo foi de envolver toda a comunidade em arrecadar brinquedos que serão doados para instituições para que o natal das crianças carentes possa ser mais feliz.

Foi realmente um grande evento realizado pela Record, neste sábado(10), que aconteceu no horádio das 09h ao meio dia. Entre as atrações da Maratona do Brinquedo estavam os Mágicos Two Black, o grupo Fascina Samba, apresentação do Ateliê da Dança, Jow Papaya e o show de Leo Bahia. E a chegada do Papai Noel, entre diversas atividades como cama elástica, pula-pula, João bobo, em parceria com o SESI.

O evento foi totalmente gratuito e para toda a comunidade. Para participar, bastava doar um brinquedo em bom estado, em um dos pontos de coleta: agências da Caixa Econômica Federal, lojas Koerich e Colégio Tendência. Assim foi possível fazer com que diversas crianças carentes possam ter um Natal mais feliz. Os brinquedos serão aceitos até o dia 17 de dezembro nos pontos de coleta relacionados acima.

A Maratona do Brinquedo foi uma realização da RICTV Record, patrocínio da Caixa Econômica Federal e Colégio Tendência.

Maratona do Brinquedo - Realização RicTV Record em 10-12/11 - Foto: Ismênia Nunes


Maratona do Brinquedo - Realização RicTV Record em 10-12/11 - Foto: Ismênia Nunes


sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

O Aviador e o Pescador


 A belíssima exposição "o aviador e o pescador" vai até domingo no Palácio Cruz e Sousa, lembrando que nestes dias o horário será das 10 às 16 horas e a entrada é franca, vale a pena conferir. Ismênia Nunes



Exposição no Palácio Cruz e Sousa "o aviador e o pescador" - Foto: Ismênia Nunes


        A passagem por Florianópolis do escritor e piloto francês Antoine de Saint Exupéry (1900 - 1944), autor do clássico Pequeno Príncipe, é o tema da nova exposição no Museu Histórico de Santa Catarina – Palácio Cruz e Sousa. A mostra O aviador e o pescador  abriu no dia 10 de novembro, às 19h, e segue aberta à visitação até 11 de dezembro de 2011.
      O foco da exposição é o público infanto-juvenil, a partir dos 6 anos. A mostra, que aborda por meio de ilustrações o contato do francês com os pescadores da praia do Campeche em 1929/1930, é baseada em fatos reais e nas tradições da Ilha de Santa Catarina.
      As ilustrações de Juliana Góes, junto ao texto de Mônica Cristina Corrêa, apresentam dados históricos e cenas do inusitado encontro entre o viajante estrangeiro e o pescador ilhéu.


MUSEU HISTÓRICO DE SANTA CATARINA
Palácio Cruz e Sousa - Praça XV de Novembro, 227 - Centro - 88010-400 - Florianópolis - SC
Fone:(48)3028-8091

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

26a. Feira do Livro de Florianópolis

Acontece a 26a. Feira do Livro de Florianópolis.

Início: 08/12/11
Até: 23/12/11
Das: 09h às 20h.
Onde: Largo da Alfândega - Centro - Florianópolis - SC
Promoção: Câmara Catarinense do Livro de Florianópolis




Feira do Livro no largo da Alfândega - Florianópolis - SC - Foto: Ismênia Nunes









FOTOS DA FEIRA


Foto: Ismênia Nunes


26a. Feira do Livro em Florianópolis - 10-12-11 - Foto: Ismênia Nunes

26a. Feira do Livro em Florianópolis - 10-12-11 - Foto: Ismênia Nunes


26a. Feira do Livro em Florianópolis - 10-12-11 - Foto: Ismênia Nunes



26a. Feira do Livro em Florianópolis - 10-12-11 - Foto: Ismênia Nunes

26a. Feira do Livro em Florianópolis - 10-12-11 - Foto: Ismênia Nunes


 

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

O Pequeno Príncipe

As fotos abaixo são da exposição "O Aviador e o Pescador" no Palácio Cruz e Sousa, prestigie.


Exposição no Palácio Cruz e Sousa "O aviador e o pescador"- Foto: Ismênia Nunes

Exposição no Palácio Cruz e Sousa "O aviador e o pescador "- Foto: Ismênia Nunes

Exposição no Palácio Cruz e Sousa "O aviador e o pescador"- Foto: Ismênia Nunes




Fonte: Wikipedia


O Pequeno Príncipe foi escrito e ilustrado por Antoine de Saint-Exupéry um ano antes de sua morte, em 1944. Piloto de avião durante a Segunda Grande Guerra, o autor se fez o narrador da história, que começa com uma aventura vivida no deserto depois de uma pane no meio do Saara. Certa manhã, é acordado pelo Pequeno Príncipe, que lhe pede: "Desenha-me um carneiro"? É aí que começa o relato das fantasias de uma criança como as outras, que questiona as coisas mais simples da vida com pureza e ingenuidade. O principezinho havia deixado seu pequeno planeta, onde vivia apenas com uma rosa vaidosa e orgulhosa. Em suas andanças pela Galáxia, conheceu uma série de personagens inusitados – talvez não tão inusitados para as crianças!
Um rei pensava que todos eram seus súditos, apesar de não haver ninguém por perto. Um homem de negócios se dizia muito sério e ocupado, mas não tinha tempo para sonhar. Um bêbado bebia para esquecer a vergonha que sentia por beber. Um geógrafo se dizia sábio mas não sabia nada da geografia do seu próprio país. Assim, cada personagem mostra o quanto as “pessoas grandes” se preocupam com coisas inúteis e não dão valor ao que merece. Isso tudo pode ser traduzido por uma frase da raposa, personagem que ensina ao menino de cabelos dourados o segredo do amor: “Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos”.
Antoine de Saint-Exupéry via os adultos como pessoas incapazes de entender o sentido da vida, pois haviam deixado de ser a criança que um dia foram. Entendia que é difícil para os adultos (os quais considerava seres estranhos) compreender toda a sabedoria de uma criança.
Desta fábula foram feitos filmes, desenhos animados, além de adaptações. Muitos adultos até hoje se emocionam ao lembrar do livro. Talvez porque tenham se tornado “gente grande” sem esquecer de que um dia foram crianças.


"As pessoas têm estrelas que não são as mesmas. Para uns, que viajam, as estrelas são guias. Para outros, elas não passam de pequenas luzes. Para outros, os sábios, são problemas. Para o meu negociante, eram ouro. Mas todas essas estrelas se calam. Tu porém, terás estrelas como ninguém... Quero dizer: quando olhares o céu de noite, (porque habitarei uma delas e estarei rindo), então será como se todas as estrelas te rissem! E tu terás estrelas que sabem sorrir! Assim, tu te sentirás contente por me teres conhecido. Tu serás sempre meu amigo (basta olhar para o céu e estarei lá). Terás vontade de rir comigo. E abrirá, às vezes, a janela à toa, por gosto... e teus amigos ficarão espantados de ouvir-te rir olhando o céu. Sim, as estrelas, elas sempre me fazem rir!"


 
"ACASO

"Cada um que passa em nossa vida,
passa sozinho, pois cada pessoa é única
e nenhuma substitui outra.
Cada um que passa em nossa vida,
passa sozinho, mas não vai só
nem nos deixa sós.
Leva um pouco de nós mesmos,
deixa um pouco de si mesmo.
Há os que levam muito,
mas há os que não levam nada.
Essa é a maior responsabilidade de nossa vida,
e a prova de que duas almas
não se encontram ao acaso. "
(Antoine de Saint-Exupéry)

Antoine de Saint-Exupéry





Antoine-Jean-Baptiste-Marie-Roger Foscolombe de Saint-Exupéry filho do conde e condessa de Foscolombe (29 de junho de 1900, Lyon - 31 de julho de 1944, Mar Mediterrâneo) foi um escritor, ilustrador e piloto da Segunda Guerra Mundial.
Depois de cumprir o serviço militar na Força Aérea francesa, trabalhou para linhas aéreas privadas da Europa e da América. Na primeira fase da Segunda Guerra Mundial, foi piloto de ensaios e de combate. Em 1940, juntou-se à Força Aérea dos Estados Unidos e realizou vôos de reconhecimento para os aliados. Empreendeu então uma viagem à Córsega, da qual nunca regressou. Outras obras importantes são Correio do Sul (1929), Vôo Noturno (1931), Terra de Homens (1939) e Piloto de Guerra (1942).
Faleceu durante uma missão de reconhecimento sobre Grenoble e Annecy. Em 3 de novembro, em homenagem póstuma, recebeu as maiores honras do exército. Em 2004, os destroços do avião que pilotava foram achados a poucos quilômetros da costa de Marselha. Seu corpo jamais foi encontrado.
Suas obras foram caracterizadas por alguns elementos em comum, como a aviação, a guerra. Também escreveu artigos para várias revistas e jornais da França e outros países, sobre muitos assuntos, como a guerra civil espanhola e a ocupação alemã da França.
No entanto, deve-se dar uma atenção a este último, O pequeno príncipe (O Principezinho, em Portugal) (1943), romance de maior sucesso de Saint-Exupéry. Foi escrito durante o exílio nos Estados Unidos, quando fez visitas ao Recife. E para muitos era difícil imaginar que um livro assim pudesse ter sido escrito por um homem como ele.
O pequeno príncipe (1943), é uma obra aparentemente simples, mas, apenas aparentemente. É profunda e contém todo o pensamento e a "filosofia" de Saint-Exupéry. Apresenta personagens plenos de simbolismos: o rei, o contador, o geômetra, a raposa, a rosa, o adulto solitário e a serpente, entre outros. O pequeno príncipe vivia sozinho num planeta do tamanho de uma casa que tinha três vulcões, dois ativos e um extinto. Tinha também uma flor, uma formosa flor de grande beleza e igual orgulho. Foi o orgulho da rosa que arruinou a tranqüilidade do mundo do pequeno príncipe e o levou a começar uma viagem que o trouxe finalmente à Terra, onde encontrou diversos personagens a partir dos quais conseguiu descobrir o segredo do que é realmente importante na vida.
É uma obra que nos mostra uma profunda mudança de valores, que ensina como nos equivocamos na avaliação das coisas e das pessoas que nos rodeiam e como esses julgamentos nos levam à solidão. Nós nos entregamos a nossas preocupações diárias, nos tornamos adultos de forma definitiva e esquecemos a criança que fomos.
O Pequeno Príncipe uma parábola em forma de conto que coloca em xeque o ponto de vista racional dos adultos. Seus romances, diários e ensaios transmitem uma filosofia de vida que pretende melhorar as relações entre as pessoas, mediante a utilização ética da técnica, além de exaltar a amizade e a fraternidade, que conduzirão até o auto sacrifício, se necessário. Seus temas têm por base suas experiências como piloto.

Acontece no palácio Cruz e Sousa uma exposição sobre a vida de Saint-Exupéry.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Menino Tiago perdido em Brasília, encontra familiares





Por: Ismênia Nunes


Com certeza você já recebeu diversos e-mails informando o desaparecimento de uma criança. Qual é sua atitude quando isto acontece? Normalmente a maioria das pessoas logo repassa a mensagem, principalmente quando se trata de uma criança. Neste momento você esquece de verificar a veracidade do fato, afinal você só está ajudando, mas e quem sabe quanto tempo essa mensagem está na net sem que paremos para pensar se o caso já foi resolvido, se a criança já foi encontrada?

Sabemos que nos dias de hoje, com o automatismo e para não deixar de ajudar simplesmente reenviamos, sem ao menos procurar olhar o mínimo que possa nos dar garantia de veracidade ou mesmo de informações a respeito do caso. Se existe um telefone, um e-mail algo que realmente possa nos dar um caminho. Às vezes é bom pararmos um pouco e darmos a devida importância ao caso. Procurando na internet se já ouve solução. Se houver contatos por que não escrevermos para ver se o caso foi solucionado?

Recebi o e-mail  ontem dia 05-12-11 contanto da história de um menino que se chamaria Tiago de apenas dois anos encontrado em Brasília, um menino bem vestido e que possivelmente teria família, mas devido a demora em encontrar esses famíliares o menino foi encaminhado para um abrigo e poderia vir a ser adotado. Lá permaneceu por oito meses até que a família o encontrou.
Quando recebi o e-mail a primeira ideia que tive era de reenviar, mas pensei melhor e pesquisei e logo encontrei um site com a notícia e com a mesma foto do menino. O site mobilizou os leitores que trouxeram notícias novas. Tiago na verdade se chama Weslley Alexandre. Uma reportagem conta que o pai da criança o teria levado para uma viagem e o abandonou na rua, a mãe e a avó tentaram encontrá-lo sem sucesso, de posse dos documentos e fotos da criança foram até a justiça já que foi inútil ir a delegacia. Abaixo o link do vídeo onde poderemos ver toda história, o mesmo não pode ser anexado.

Tiago foi abandonado numa Rua do Riacho Fundo no ano de 2005 e encontrado oito meses depois. Estamos no final de 2011, quase 2012 e esse e-mail ainda circula como se Tiago ainda estivesse sem a família,  é mais fácil reenviar do que pesquisar a respeito.

A mãe Gleiciane Lopes Pinheiro, dona de casa, uma jovem de dezesseis anos autorizou que o garoto viajasse com o pai e depois que foi busca-lo não se encontrava mais com ele. O pai alegava que havia deixado o garoto com a irmã em Goiânia. A avó Rita Pinheiro, procurou a polícia e relatou que o delegado disse que não adiantaria elas irem a polícia pois que o garoto estava com o pai e não poderia fazer queixa de sequestro contra este, mesmo o fato já tendo se dado há dois meses. 

Ambas foram encaminhadas ao forum e lhe pediram o endereço para que fosse enviada a intimação, e quando a mãe e a avó procuraram o pai pelo endereço que tinham, ele já não mais residia no local. Rita, a avó, deu detalhes da criança, uma cicatriz na sombrancelha, uma mecha branca no cabelo e ainda levou o cartão de vacina, uma foto e a certidão de nascimento.

Tiago na verdade se chama Wesley Alexandre Lopes da Silva, segundo uma reportagem da Rede Globo, a mãe e a avó não poderiam ficar de imediato com a criança pois que isto dependeria de uma decisão judicial. Porém com as informações do site Caetano Barata -  a criança já estaria com a avó. Esta mesma reportagem nos diz que a defensoria pública foi a responsável por encaminhar um documento para que o menino possa ficar com Gleiciane, pois que os documentos apresentados são provas suficiente para provar que é a mãe da criança. Caso o pedido seja negado, um pedido de DNA será feito a justiça para que a mãe prossa ficar com a criança. A promotoria fala que o pai pode responder criminalmente por abandono de incapaz, e pegar uma pena de até quatro anos de detenção.

Patrícia Braga coordenadora pedagógica do Abrigo "Nosso Lar", envolvida com o menino há oito meses diz que está tentando ter calma, mas que essa possibilidade de ser Gleisiane a mãe da criança já a deixa extremamente feliz. Todos no abrigo estão confiantes e felizes.

Na reportagem da Rede Globo apresentada por Alexandre Garcia, ao final ele nos esclarece, que o bebê que aparece no colo da mãe e da avó é o bebê que a mãe, Gleiciane teve há 15 dias.

Não podemos deixar passar batido o fato desta mãe ser menor, com 16 anos já estar com dois filhos, e da importância que um programa de saúde para que estas meninas recebam mais orientações sobre a sexualidade e planejamento familiar. E dar mais atenção para o fato de haver tantas meninas já sendo mãe na adolescencia. Lembrando que ela teve Tiago, ou seja Wesley com 14 anos. Percebemos que a maternidade na adolecência está num crescente e é de primordial importância que as autoridades em saúde possam estar mais atentos e que também se possa mudar esta situação.

Acreditamos que seja importante também ressaltar da falta de empenho e responsabilidade das autoridades de Brasília com relação as informações e atenção ao caso. O telejornal aqui mencionado foi editado, por isso não sabemos qual a data que foi veículado, nem mesmo o nome correto do jornal, este só é identificado pelas letras DF-TV (Distrito Federal TV).



Fonte: Abaixo blog onde encontramos as notícias de Tiago ou melhor, Wesley Alexandre. Abaixo vídeo com a reportagem, não conseguimos copiar.








Abaixo anexaremos o e-mail em questão.
E solicitamos que as pessoas não reenviem mais a notícia, aliás quem receber que possa avisar os que mandaram que o menino já está com a família.



Olá!
Eu, Soraya Pereira, Presidente do Projeto Aconchego , Grupo de apoio à Adoção e ao Apadrinhamento de Brasília, após constatar a veracidade do fato com a diretoria do Abrigo 'Nosso Lar'. Venho pedir a vocês que divulguem essa notícia.
Meu obrigada, Soraya Kátia Rodrigues Pereira

Em novembro, foi encontrado na rua, uma criança de aproximadamente 2 anos muito bem cuidada e muito bem vestida,  e disse se chamar Tiago.
Levado ao juizado,foi encaminhado ao 'Nosso Lar', onde trabalho. Temos informações de que diligências foram feitas na região onde a criança foi encontrada, e nada. Todas as delegacias notificadas, e nada. Não foi possível nenhum tipo de informação dessa criança. Como o tempo está passando, ela logo será encaminhada para adoção, mas não acredito que ela não tenha ninguém nesse mundo, pois quando ele chegou chorava muito e apresentava bons costumes. Já tentei com um amigo na Globo veicular a sua imagem, na tentativa de localizarmos a sua família, mas não é possível pois a política da Globo não permite a divulgação de crianças desaparecidas, o que não é o caso, pois essa é*'aparecida'*.


SEGUE A FOTO DA CRIANÇA REPASSEM, POR FAVOR.
ELE FOI ENCONTRADO EM BRASÍLIA, MAS PODE SER DE QUALQUER LUGAR DO PAÍS.

COMENTÁRIOS do BLOG CITADO 
  1. Cristiane disse

    Entrei em contato com o pessoal do Projeto Aconchego e recebi o seguinte e-mail sobre o Tiago:
    -RESP. AUTOMÁTICA-
    Olá,
    Se voce está querendo saber a respeito do garoto Tiago, informamos que ele já está com seus familiares.
    Favor passar esta informação para quem te enviou a mensagem.
    Abraços,
    Deusdedit (Sr.)
    http://www.projetoaconchego.org.br
  2. Michelle disse

    Bom dia!
    Esse menino é o Tiago, foi encontrado há uns dois anos. Ele foi deixado pelo pai na rua, mas rapidamente a família o reconheceu no noticiário.
    A avó ficou com a guarda dele. Assista à reportagem que segue no link abaixo veiculada pela TV Globo, na época.
    http://www.mpdft.gov.br/comunicacao/clipping/imagens/334636.wmvm (copie e cole na barra de endereço).
  3. Frank disse

    O Link correto é:
    http://www.mpdft.gov.br/comunicacao/clipping/imagens/334636.wmv
    Um absurdo o descaso das autoridades em atender a mão e a avó
    do garoto.
    Outra é a quantidade de crianças que são sequestradas
    nesse país que a justiça é sega surda e muda, só
    funciona pra quem tem dinheiro.
  4. Sara disse

    Bom dia!!
    Foi muito bom achar esse site!!!
    Hoje mesmo recebi esse e-mail com as informações assima, na hora reenviei imediatamente para todos os meus amigos e coloquei o anuncio no meu blog… mais não fiquei quieta até saber se alguém o proucurava, proucurei na internet ‘até’! ai achei vcs… muito obrigada por divulgarem essa noticia (aparecimento da família do Tiago)!!!!

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Papo de Jornalista recebe o cartunista Zé Dassilva

Desenho Zé Dassilva cartunista da Rede Globo - Foto: Ismênia Nunes




Por: Ismênia Nunes



O cartunista Zé Dassilva esteve na sede da Associação Catarinense de Imprensa - ACI em Florianópolis no “Papo de Jornalista” nesta quinta-feira, 1º de dezembro, conversando sobre jornalismo e carreira, além de responder a algumas questões. O encontro aconteceu às 19h30 e encerrou aproximadamente às 21 horas quando foi servido um coquetel aos presentes.

Na ocasião, Zé Dassilva, chargista que faz ilustrações para vários jornais do país falou de diversos assuntos de sua carreira e enfatizou o fato de que o desenho sempre fez parte de sua vida, aos cinco anos de idade já era uma prática diária, fazia seus próprios gibis, somente ele e a família o liam. Quando na juventude foi tolido por colegas de um grupo de jovens que este participava e lhe disseram que ele não levava a vida a sério que tudo era piada e que precisava deixar aquela maneira de viver. Zé Dassilva conta que ao chegar em casa destruiu tudo o que tinha. Algum tempo depois, conta que ao ir a um restaurante deparou com um garçom que era seu fã e que tinha recortes de todo seu trabalho, coisas que nem mesmo ele possuía, o fato o deixou muito feliz, pois que não imaginava que tinha fãs tão dedicados.

O cartunista também projetou um curta-metragem adaptado de um dos seus contos. A produção recebeu hour-concurs no Festival do Rio. “Quero falar do processo industrial que a gente vive quando lida com obras de ficção audiovisuais”, explica Zé Dassilva e, sobre a palestra, completa dizendo: “É uma satisfação participar de um evento como esse na sede da ACI, onde estive por tanto tempo”.
Róger Bittencourt, vice-presidente da ACI, diz acreditar em eventos como o “Papo de Jornalista”: “Para a ACI é uma satisfação dar segmento a esse projeto e possibilitar que os profissionais de comunicação e estudantes tenham a oportunidade de um proveitoso bate-papo com profissionais renomados como o Zé Dassilva”.

Chargista Zé Dassilva no Papo de Jornalista na ACI - Foto: Ismênia Nunes


Chargista Zé Dassilva e Rogér Bittencourt, vice-presidente da ACI - Foto: Ismênia Nunes

O Chargista Zé Dassilva, Rogér Bittencourt, vice-presidente da ACI  e Ismênia Nunes

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Aprovado exigência do diploma de jornalista

Foto: Ismênia Nunes

 

Fonte: http://www.sidneyrezende.com/noticia/154365+em+primeiro+turno+senado+aprova+exigencia+do+diploma+de+jornalista

Em primeiro turno, Senado aprova exigência do diploma de jornalista

Redação SRZD | Nacional | 30/11/2011 20h13

O Senado aprovou nesta quarta-feira o primeiro turno da proposta de emenda à Constituição (PEC) que exige o diploma de Jornalismo para que a profissão possa ser exercida. A decisão foi tomada com 65 votos a favor e apenas sete contra. A exigência havia sido retirada em junho de 2009, quando o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que esta medida ia contra o direito de liberdade de expressão e livre manifestação de pensamento.
Para que volte a ser necessário o certificado de conclusão do curso superior e o registro profissional no Ministério do Trabalho para a atuação profissional como jornalista, a PEC ainda tem que ser aprovada em um segundo turno, que também vai ocorrer no plenário da Casa.
Segundo Magno Malta (PR-ES), a exigência do diploma faria com que um indivíduo "que sabe fazer um bilhete não saia por aí se dizendo jornalista". Marcelo Crivella (PRB-RJ) compartilha da opinião. Ele explicou que os jovens têm que ser estimulados a estudar no Brasil e que o diploma daria a eles um "status especial". Além disso, segundo Crivella, o término da exigência foi sentido como uma invasão pelos profissionais da área.
Divergindo deles, Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) acredita que o jornalismo não pode comportar nenhum tipo de restrição (o que seria o diploma), e reafirmou que o exercício da profissão está sempre ligado à liberdade de expressão. Ainda de acordo com Aloysio, "para a garantia da veracidade e da cultura não é preciso um diploma".
Outro contrário ao diploma foi Demóstenes Torres (DEM-GO). Ele afirmou que "pouquíssimos" cursos exigem um conhecimento que só possa ser conquistado por um "banco de horas" ministrado em uma academia de ensino. Ele também falou que a obrigação do diploma para o exercício da profissão limita a liberdade de expressão.
E você, leitor? O SRZD quer saber sua opinião sobre a obrigatoriedade do diploma para que se atue profissionalmente no jornalismo. Comente no espaço abaixo.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Conservação-restauração nos templos de Karnak - Egito (Palestra)




O GOVERNO DO ESTADO DE SANTA CATARINA ATRAVÉS DA SECRETARIA DE TURISMO, CULTURA E ESPORTE, FUNDAÇÃO CATARINENSE DE CULTURA E MUSEU HISTÓRICO DE SANTA CATARINA CONVIDA PARA PALESTRA



A CONSERVAÇÃO-RESTAURAÇÃO NOS TEMPLOS DE KARNAK – EGITO


           APRESENTAÇÃO DOS PROJETOS EXECUTADOS EM 2009-2011

  


A Fundação Catarinense de Cultura (FCC), por meio do Ateliê de Conservação-Restauração de Bens Culturais (Atecor), promove a palestra A Conservação-Restauração nos Templos de Karnak - Egito. O evento ocorrerá no dia 1 de dezembro, às 14h, no auditório do Museu Histórico de Santa Catarina - Palácio Cruz e Sousa, e contará com a presença dos restauradores franceses Ornella Cabrol e Vincent Cabrol.
Os restauradores irão apresentar os projetos executados no Egito entre os anos de 2009 e 2011 e falar da experiência no canteiro de restauração dos templos de Karnak. Ornela foi responsável pela administração do canteiro, enquanto Vincent ficou na parte técnica de entalhe de pedras.
Os templos foram construídos durante o período histórico chamado Império Novo, entre 1580 e 1085 a.C. Estão localizados na margem direita do Rio Nilo e são constituídos de um conjunto de edifícios que somam 365 metros de comprimento.
O evento é gratuito e voltado, principalmente, aos profissionais ligados à área de restauro e arquitetura. O público poderá participar com perguntas, que serão traduzidas entre português e francês, assim como toda a palestra.

                                              Restauradora Ornella Cabrol
Formada em Artes Plásticas, com habilitação em Conservação-Restauração pela École Superieure d’ Art d’ Avignon - França.
Responsável pelo Departamento de Conservação-Restauração do Centro Franco-Egípcio de Estudos do Templo de Karnak – CFEETK - Luxor, Egito.


                                               Restaurador Vincent Cabrol

Formação técnica – entalhador de pedra pela Association  Ovrière Compagnons, Nîmes - França.
Chefe de canteiro de restauração em pedra do Templo de Karnak – Luxor, Egito e trabalhos nas cidades de Avignon e Arles na França




O que: Palestra A Conservação-Restauração nos Templos de Karnak - Egito
Quando: 01/12/2011, às 14h
Onde: Auditório do Museu Histórico de Santa Catarina - Palácio Cruz e Sousa 
Contato: atecor@fcc.sc.gov.br / (48) 3953-2341
Entrada gratuita



Connfirmar presença  através dos contatos: ATECOR – Ateliê de Conservação-Restauração de Bens Culturais da Fundação Catarinense de Cultura- FCC
e-mail: atecor@fcc.sc.gov.br  Fone: (48) 3953-2341



Visitação: de terça a sexta, das 10h às 18h
sábado e domingo, das 10h às 16h.
MUSEU HISTÓRICO DE SANTA CATARINA
Palácio Cruz e Sousa - Praça XV de Novembro, 227 - Centro - 88010-400 - Florianópolis - SC
Fone:(48)3028-8091